• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Congresso da CUT MT discute os desafios do Mundo do Trabalho

  12º Congresso da CUT Estadual de Mato Grosso começou nesta quinta e segue até sábado

Publicado: 08 Novembro, 2019 - 12h00 | Última modificação: 08 Novembro, 2019 - 14h39

Escrito por: Silvia Marques

notice
Foto: Edevaldo José

Com o tema “Sindicatos Fortes, Direitos, Soberania e Democracia”,  nesta quinta-feira (07.11) o 12º Congresso da CUT Estadual de Mato Grosso (CECUT MT) teve inicio com a tarefa de organizar a classe trabalhadora para enfrentar os desafios do novo mundo do trabalho e recuperar os direitos retirados por Bolsonaro, defender a democracia e soberania do país.  

Mais de 150 dirigentes sindicais e dos movimentos sociais vão participar do 12º CONCUT MT. Na programação do 13º CONCUT, debates internacionais e nacionais. Os sindicalistas e as sindicalistas vão discutir internamente o estatuto e o plano de luta para o próximo período. Também vão eleger a nova direção executiva da Central, que tomarão posse para o período 2019-2023. 

Na solenidade de abertura do Congresso Estadual , o representante do MST MT, Antônio Carneiro, destacou que estamos passando por um momento de construção de novas práticas, se quisermos continuar existindo enquanto Central,  enquanto partido, movimentos sociais capaz de desencadear um novo processo de organização e mobilização da classe trabalhadora, é o momento de um balanço critico das nossas ações e estruturas.  A solenidade de abertura contou com a presença do deputado estadual Valdir Barranco  e de representação da deputada federal Rosa Neide, ambos do Partido dos Trabalhadores. 

Desafios do mundo do trabalho

A segunda mesa debateu a "Conjuntura Política Econômica e os Desafios para o Mundo do Trabalho" com a participação do secretário de administração e finanças da CUT Nacional, do professor  Marcos Caron da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) , e do presidente da CUT MT, João Dourado.

De acordo com o dirigente da CUT Nacional  atravessamos um processo de reestrutura do mundo do trabalho, passamos pela quarta revolução dos meios de produção. A substituição da mão de obra pela inteligências artificiais e pelas plataformas digitais, que mais empregam no país, a exemplo Uber e aplicativos dos bancos. "Vivemos  a chamada modernidade tecnológica,  substituindo os empregos, uma questão que afeta o mundo inteiro, a cada três habitantes do planeta, um não tem nenhuma garantia de direitos", avalia Ariovaldo de Camargo, dirigente da CUT Nacional.

De acordo com o professor da UFMT,  Marcos Caron , vivemos as conseqüências da derrota da esquerda, a exemplo as reformas da previdenciária e trabalhista. "O que nos podemos fazer e qual a estratégia que os trabalhadores percebam a mais valia e fazer a transformação.  As mobilizações, as massas nas ruas, nunca ficaram fora da ordem do dia, mas, como chegar ao coração dos trabalhadores e mobilizar as massas? , questiona o professor analisando os projetos e a crise do bolsonarismo.  

O presidente da CUT-MT,  João Dourado, fez uma rápida avaliação das ações da CUT MT frente ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, à prisão de Lula e a retirada de direitos pela aprovação da terceirização sem limites nas atividades fins, às reformas da previdência e trabalhista.

 O Congresso da CUT MT está sendo realizado no auditório do Sintep/MT.

Acompanhe ao vivo

 

 

Confira a programação de hoje e amanhã.                    

DIA 8/11 SEXTA FEIRA

Matutino

8h – Reabertura do Credenciamento

8h – Leitura e Aprovação do Regimento

9h – Mesa 1 – As Transformações no Mundo do Trabalho, a Formação dos/as Futuros Trabalhadores/as e os Desafios para a Organização Sindical

Palestrante:  Domingos (UNEMAT)

                       Jeová Simões (Educador Popular)           

Coordenação: Italina Facchini (Sec. de Saúde do Trabalhador/a da CUT- MT)

                         Maria Luiza B. Zanirato (Sec. de Políticas Sociais da CUT-MT)

Vespertino

12h – Encerramento do Credenciamento dos Titulares

12h 30 – Almoço

12h 05 – Abertura do Credenciamento dos Suplentes

14h – Mesa 2 – Os Desafios e as Alternativas de Organização dos Trabalhadores, Diante da Precarização das Relações de Trabalho e das Novas Demandas do Mundo do Trabalho.

Palestrante: Carlos Abicalil                           

Coordenação: Marli Terezinha (Sec. de Org. e Pol. Sindical da CUT- MT)

                         Tânia Cristina Crivellin Jorra (Direção Est. Da CUT- MT)

15h – Encerramento do Credenciamento dos/as Suplentes

16h – Grupo de Trabalho – Plano de Lutas, Leitura e Conhecimento do novo Estatuto.

Táticas e Estratégias para a Organização Sindical em Mato Grosso e o Fortalecimento da CUT-MT no interior do Estado.

18h 30 – Encerramento

19 – Confraternização

 

DIA 9/11 SÁBADO

Matutino

9h às 12h– Eleição da nova Direção da CUT-MT

10h: Inscrição de Chapa

9h – Moções;

11h30 – Posse da nova Direção da CUT-MT

12h - Encerramento

12h30 - Almoço

#CECUT