• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Encontro da CUT-MT debaterá impactos da pandemia e políticas públicas para mulheres

No próximo dia 29 de maio (sábado), a partir das 8h, a Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso (CUT-MT), irá promover o Encontro de Mulheres da CUT-MT.

Publicado: 27 Maio, 2021 - 16h25 | Última modificação: 27 Maio, 2021 - 16h47

Escrito por: CUT-MT

CUT-MT
notice

Entre as temáticas debatidas no encontro que será virtual, as palestrantes colocarão em pauta “Os impactos da pandemia, o assédio e a negação de políticas públicas para mulheres”.

CUT-MTCUT-MT
Palestrantes confirmadas para o Encontro de Mulheres da CUT-MT por Ramo


Estão confirmadas para o encontro Mara Weber, Diretoria de Saúde e Relações de Trabalho do Sintrajufe (RS) e Diretora da CUT-RS; Fernanda Duarte (UNB), Isabel Freitas, Assistente Social, especialista em Saúde Mental Coletiva, ativista feminista anticapitalista na Marcha Mundial de Mulheres e a doutora Rosana Leite, Defensora Pública Estadual.
A mediadora dos debates será a sindicalista Angelina de Oliveira, que é da Secretaria da Mulher da CUT-MT. Ela destaca que as pautas são de extrema relevância visto que os direitos das mulheres estão sendo negligenciados com mais evidência em tempos de pandemia. “A crise sanitária tem agravado a situação das mulheres, em especial aquelas que não tem sua autonomia financeira e sofrem, muitas vezes, violência física, emocional e patrimonial. Precisamos debater políticas públicas que assegurem os direitos dessas mulheres”, disse.
Angelina citou também o aumento da opressão trabalhista sobre aquelas que estão ativas no mercado de trabalho. “A mulher que trabalha fora, normalmente já enfrenta uma dupla jornada. A pandemia agravou o assédio feito a essas trabalhadoras, uma vez que a pressão quanto à possibilidade de perder o emprego ficou maior. Para tentar assegurar sua renda, muitas se submetem a jornadas mais desgastantes de trabalho sem que se tenha qualquer garantia de segurança sanitária quanto à Covid. Temos que debater o papel do Estado na defesa desses direitos”, disse.
Para fazer sua inscrição acesse o linkhttps://url.gratis/Rk7Wke preencha o formulário.
Para assistir aos debates, basta acessar as páginas das redes sociais da CUT-MT no Facebook e no Youtube e Facebook do Sintep-MT.


Fonte: Assessoria/CUT-MT.