• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

NOTA DE APOIO A LUTA DOS/AS TRABALHADORES/AS ECTISTAS

A CUT-MT manifesta sua solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras ecetistas que estão em greve por tempo indeterminado, desde o dia 17 de agosto.

Publicado: 25 Agosto, 2020 - 10h51

Escrito por: CUT-MT

notice

A Central Única dos Trabalhadores e das Trabalhadoras de Mato Grosso (CUT-MT) manifesta sua solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras ecetistas que estão em greve por tempo indeterminado, desde o dia 17 de agosto, em defesa dos direitos, da vida e contra o projeto de privatização dos Correios.
Os trabalhadores e as trabalhadoras ecetistas cruzaram os braços em protesto a redução da 79 cláusulas do ACT para apenas 9, extinguindo conquistas históricas da categoria: como licença maternidade de 6 meses, diminuição do vale alimentação 70% nas férias entre outros. Havia uma sentença normativa julgada pelo TST que em 2019 validou por dois anos o Acordo Coletivo dos Trabalhadores (ACT), mas uma manobra jurídica da empresa, junto ao STF (Supremo Tribunal Federal), nesta sexta-feira (21), por 11 a 0, manteve a validade por apenas um ano. Com isso, a negociação de 2020 não terá automaticamente os mesmos termos da ACT do ano passado.
É inadmissível que justamente neste momento, em que os trabalhadores, diariamente, colocam suas vidas em risco para que os Correios continuem funcionando, fiquem sem os seus direitos fundamentais.
A CUT-MT reafirma seu apoio a luta dos trabalhadores e trabalhadoras dos Correios de todo o Brasil, que por decisão em Assembleia, nesta segunda-feira, continuarão o movimento grevista por tempo indeterminado, ainda mais fortes com novas adesões em MT e em todo Brasil.
A CUT juntamente com a FENTECT continuará buscando todos os meios jurídicos para manter todas as conquistas dos trabalhadores dos Correios e a defender o serviço postal público e universal, pois além dessa luta pela manutenção do emprego e dos direitos, buscamos junto à classe trabalhadora a derrubada desse governo de maldades e a construção de um outro projeto, popular e cidadão.
Juntos somos mais fortes!
Direção da CUT-MT
Cuiabá/MT, 25 de agosto de 2020