• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

NOTA EM DEFESA DA PROFESSORA LISANIL C. PATROCÍNIO

CUT MT cobrar apuração e responsabilização sobre uso abusivo da força.

Publicado: 19 Outubro, 2019 - 08h34

Escrito por: DIREÇÃO DA CUT

notice

A Direção da Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso (CUT –MT) manifesta solidariedade à Lisanil C. Patrocínio, professora Doutora, que atua   há 15 anos na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), que no domingo (13.10), foi tirada a força, arrastada por seguranças e policiais, do evento da Igreja Católica de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá.

Logo que chegou ao evento, ela se sentiu hostilizada, pois estava vestida com uma camiseta em que estava escrito “Lute como uma Garota” e na lateral havia a insígnia “Lula Livre”.

Para a direção da CUT MT é inaceitável tamanha violência física e moral configura violação de direitos humanos, além de preconceito e machismo contra a professora, trabalhadora e mulher. Nada justifica tanta agressividade e o uso da força policial.

CUT MT reitera a solidariedade à professora Lisanil e repudia, veementemente, essa onda de ódio crescente e as práticas fascistas que tentam intimidar a liberdade e a democracia.

Nós, da Direção CUT MT, cobraremos a apuração e a responsabilização sobre uso abusivo da força.

Esperamos que a Professora Lisanil continue a caminhada, corajosa e amorosa, sempre lutando em defesa da Universidade pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada.

Nossas armas, sempre será a solidariedade da classe trabalhadora e a união Contra o discurso e as ações de ódio!

Pelas liberdades democráticas! Por nenhum direito a menos! Não a misoginia! Não à intolerância.

Direção da CUT MT

Cuiabá (MT), 18 de outubro de 2019